Num dia de Janeiro acordei com vontade de construir meu próprio amplificador valvulado. Hoje, metade de Abril, terminei a primeira fase de testes, determinando a potência máxima.

Minha idéia era montar um amplificador clássico. Tão básico que usei um livro para basear meu projeto! Leia aqui.

Abaixo uma foto do amplificador em funcionamento, apesar de ainda não estar terminado.

DSC_2061

 

Lista dos principais componentes:

Qtd Descrição (em inglês) Preço Unit. Total
4 SO-EL84 Sovtek EL84 Power Vacuum Tube $9.98 $39.92
2 JJ-ECC81 JJ ECC81 / 12AT7 Preamp Vacuum Tube $9.95 $19.90
6 SK-9AM Vintage 9 Pin NOVAL Socket $1.79 $10.74
2 CXPP10-MS-8K Audio Transformer $44.48 $88.96
1 XPWR213 Power Transformer $54.10 $54.10
1 BOX ALUM 8X16X3″ Natural $28.40 $28.40
10 RES 820 OHM 2W 5% AXIAL $1.89 $18.90
4 RES 270 OHM 1% WW AXIAL $1.80 $7.20
4 RES 47 OHM 1% WW AXIAL $1.80 $7.20
10 CAP ALUM 100UF 25V 20% RADIAL $2.95 $29.50
6 CAP FILM 0.047UF 600VDC RADIAL $3.53 $21.18
4 CAP ALUM 47UF 450V 20% RADIAL $2.45 $9.80
4 CAP ALUM 6800UF 25V 20% RADIAL $1.96 $7.84
2 RES WIREWOUND 27 OHM 7W $1.04 $2.08
2 RES 10K OHM 3W 1% AXIAL $0.63 $1.26
4 CAP FILM 0.47UF 630VDC RADIAL $1.07 $4.28
TOTAL: $351.26

 

Esquematico do livro, de 1964:

York10WAmp

 

Principal ‘modernização’ : Fonte

Em 1900 e antigamente o processo de fabricação dos componentes eletrônicos era bem menos avançado do que é hoje. Capacitores em 1960 e 1970 não tinham a mesma densidade capacitiva dos modernos. Um capacitor de 1000 uF e 600 V era grande, pesado e de baixa eficiência. A solução para a falta de capacitância nas fontes antigas era o Choke. Um indutor tão grande que tinha a mesma carcaça dos transformadores. Ao utilizar o Choke na fonte, os capacitores de tanque podiam ser menores.

Hoje não temos esse problema. Decidi projetar minha própria fonte para o projeto. Ela fornece todas tensões necessárias para o circuito: 310 VDC, 260 VDC, 12.6VDC e 6VDC.

Confira abaixo  a placa e a fonte montada:

10W_Amp_PSU

 

 

Perceba que a fonte possui um fusível para cada secundário. E também a opção de referenciar as saídas de baixa tensão a 0V ou 310V. O relé permite que o amplificador entre em Standby.

photo

A montagem

Abaixo uma foto do Amplificador sendo montado. Fora a fonte, todo restante do amplificador foi montado no esquema ponto-a-ponto, ou seja, cada componente é soldado no soquete e entre si, sem placas de suporte. Era dessa forma que montavam amplificadores de alto desempenho em 1960, acredite ou não!

photo (3).

Depois de testar um dos canais, o segundo canal foi montado:

DSC_2049

Alguns pontos importantes sobre a montagem, que recomendo seguir caso decida montar um amplificador desses:

  1. Aterramento: Use sistema “estrela” para o aterramento. Escolha um ponto e leve o retorno de terra para esse mesmo ponto. O sistema que usei é um pouco mais complexo, com vários sistemas estrela aterrados no mesmo local. Leia mais aqui (em inglês).
  2. Filamentos: o filamento das válvulas é o principal ponto de entrada de ruído no sistema. Por isso a fiação dos filamentos deve seguir seu próprio caminho, preferencialmente pelo canto da caixa. E caso use tensão alternada para suprir os filamentos os fios devem ser enrolados firmemente, como mostrado na foto acima (pares vermelho e preto).
  3. Isolação: mantenha potência e sinal tão separados quanto possível, caso contrário os 60 Hz da rede elétrica podem ser amplificados e toda vez que tiver uma pausa na música, ou o volume estiver baixo, você vai escutar um Hummm nas caixas!

 

Resultados

O som desse amplificador é fantástico! Especialmente quando usado em conjunto com boas e eficientes caixas de som. Eu achava que 10 W não seria suficiente para ouvir música na sala do nosso apartamento, mas passo a maior parte do tempo escutando música a 60 ou 70% do volume total do amplificador.

Para terminar esse artigo incluí abaixo alguns dos testes que fiz no amplificador. O canal 1 (amarelo) é a saída e o canal 2 (azul) é a entrada do gerador de sinais.
NewFile2

 

Com um resistor de 10 Ohms na saída do amplificador, uma onda senoidal de 1000 Hz é utilizada para medir o desempenho do sistema. No gráfico acima o amplificador está operando a 2.5 W. No gráfico abaixo a potência é elevada para 7 W. Perceba o pequeno aumento na distorção harmônica (mostrado na linha magenta). O ganho de tensão se manteve em 4.75 para ambos níveis de potência.
NewFile4

Abaixo o sinal de saída (em amarelo) mostrando os primeiros indícios de ‘clipping’, ou seja, atingindo o máximo de amplificação do sistema antes de apresentar um aumento considerável na distorção. A potência em que isso acontece é em torno de 9 W. O ganho é de 4.6.

NewFile6

 

Finalmente, uma onda quadrada é amplificada. Ainda pretendo descobrir o motivo do ringing.

NewFile10

Depois de testes de carga, eficiência e regulagem decidi botar a venda placas da minha fonte de Nixie.

Nixie PSU

Nixie PSU

O projeto é fácil de ser montado, e para quem não dispõe de tempo para fazer o layout e depois confeccionar a placa essa opção de compra pode ser muito bem vista. O esquema eletrônico já é consagrado: fonte chaveada utilizando TL494. Os valores dos componentes e frequencia de operação são otimizados para a utilização proposta (160 a 300V reguláveis na saída, testada com carga de 6mA)

Tendo a placa os componentes podem ser facilmente encontrados em lojas online ou físicas. Se houver interesse favor comentar nesse post ou mandar email: tobiasmugge [arroba] hotmail.com.

Um trote sem vergonha!

Publicado: novembro 28, 2010 em Uncategorized

Futebol americano. Touchdown  mais cara de pau.

Aos meus alunos, aquele abraço!

Publicado: julho 9, 2010 em Uncategorized

Após 2 anos dando aula no cetemp estou me afastando por um tempo da sala de aula para me dedicar a outros projetos.

Aos que concluiram o 4ø módulo esse semestre, prudencia na escolha do estágio. Pode definir o futuro um bom estágio. Confiem no seu potencial!!!

Aos que continuarão no cetemp por mais algum tempo, bons estudos! Deixarei o material todo disponibilizado aqui no site, na expectativa de continuar contribuindo.

A todos meus alunos, um abraço!

LEDs de Hong Kong

Publicado: maio 19, 2010 em Eletronica

Continuando a saga das compras no exterior: depois de duas semanas de espera chegaram as ‘fitas de led’ que encomendei de Hong Kong. A idéia é usar pra iluminação mesmo. Fotos da embalagem, dos leds e dos primeiros testes abaixo.

Chegaram os nixies da Ucrânia!

Publicado: fevereiro 28, 2010 em Uncategorized

No final de 2009 encomendei 10 válvulas da Ucrânia para fazer um Relógio de Nixie. Depois de quase 2 meses elas chegaram. Confira a embalagem:

É incrível tentar ler os dados do remetente, escritos em Ucraniano!

Abaixo, uma foto das válvulas:

Comprei o modelo IN-12, no detalhe abaixo. O gif mostra como deve funcionar:

Música boa pela internet!

Publicado: setembro 1, 2009 em Musica
Tags:, , ,

classic_rock_logo

Há tempos venho escutando Rock Clássico numa rádio inglesa pela internet. Deixo a dica aqui para aqueles que curtem boa musica ou querem melhorar o entedimento do inglês. Para ouvir, escolha um dos formatos abaixo ou acesse o site da rádio.

Absolute Classic Rock (antiga Virgin Radio)

Icon: Windows Media Windows Media Player: 20k | 132k
Icon: iTunes iTunes: 32k | 128k
Icon: MP3 MP3: 32k | 128k
Icon: Ogg Vorbis Ogg Vorbis: ~32k | ~160k
Icon: Real One Real Player: 8k-32k | 128k MP3 | 128k AAC

O som do The Who encheu o laboratório de Eletrônica do Cetemp de Rock´n´roll ontem. O plasma criado entre os eletrodos, modulado em frequencia, cria um som de ótima qualidade, quase sem distorções.

A descarga elétrica é estimada em 20 kV.

Falta apenas criar uma caixa acústica em MDF para o sistema, pintar o PVC de preto fosco e criar uma fonte pequena de 50 V @ 3 A.

Clique AQUI para acessar a pagina completa que demonstra o circuito, esquemático, fotos e informações e para conter a enorme lista de agradecimentos.

Acabo de realizar um teste de bancada muito importante para a continuidade do meu projeto de um autofalante de plasma: a modulação FM do sinal de áudio.

O sinal de saída do circuito de modulação é uma onda quadrada, onde sua frequência é modulada (varia) de acordo com a amplitude do sinal de áudio na entrada do circuito. A frequência de base é regulável por um potênciômetro na placa de modulação, assim como a largura do pulso.

O sinal resultante será posteriormente conectado ao driver de potência do sistema.

O resultado pode ser conferido no vídeo abaixo:

Fonte linear compacta

Publicado: abril 22, 2009 em Eletronica
Tags:, , ,

Aprenda como criar uma fonte linear compacta montando os componentes diretamente no transformador:

Clique na figura para acessar o projeto,

Fonte linear compacta!

Fonte linear compacta!

Siga o meu tutorial e aprenda como criar suas próprias PCI’s em casa conforme o seu projeto e com qualidade quase profissional, substituindo a utilização de placas-padrão. Clique AQUI para ler.

Iniciei recentemente a fase de testes do meu projeto de autofalante de Plasma. Confira na minha página ‘projetos‘ o andamento do projeto.

Posto abaixo foto e filme do protótipo funcionando. O arco de descarga elétrica (ou plasma) que gera o som.

Montagem completa

Montagem completa

Feixe de elétrons

Publicado: outubro 24, 2008 em Uncategorized

Apresento o princípio de funcionamento das lâmpadas fluorescentes: um feixe de elétrons criado em uma atmosfera de baixa pressão.

Criado no laboratório de física da UERGS – Unidade Novo Hamburgo, a partir de um gerador de alta tensão.

Leia mais em http://www.3bscientific.com.br/experiments/pt/UE307030_P.pdf

O que eu escuto

Publicado: outubro 11, 2008 em Musica

Rock’n’roll. Clássico. De 60 a 90, em sua maioria. Jazz e Blues, um pouco de MPB, outro tanto de eletrônica…

Para quem compartilha o mesmo gosto por musica boa, posto uma lista dos albuns que tenho em minha coletânea. É só clicar no link abaixo. Se cometo o pecado de não ter algum album de bom rock clássico na minha lista favor citá-lo!

Tirinhas do Otto e Heitor

Publicado: outubro 6, 2008 em Uncategorized

Clique aqui e leia você também!

Publicação de 1962 ensina como construir seu próprio Kart legalizado (para os EUA em 62 ao menos) para andar em auto-estradas. Vale notar o nome da revista: Modern Mechanix Illustraded =P

Mechanix Illustrated, 1962

Mechanix Illustrated, 1962

Detalhe da construção do chassis do kart:

Chassis do Kart

Chassis do Kart

O projeto completo pode ser acessado em PDF: Construa seu Kart

Somases no Excel 2003

Publicado: outubro 1, 2008 em Informatica, Uncategorized

Somases é uma função nova do Excel 2007 que permite realizar o antigo Somase utilizando mais de um critério. Mas e para quem continua utilizando o Excel 2003?

Existe uma forma de inserir mais de um critério de soma utilizando a função Soma e a função Se:

{=SOMA(SE(B4:B1000=”Luis”;SE(D4:D1000=”GII”;E5:E1000))}

A lista de valores a ser somados é definida no exemplo como E5:E1000. Os critérios a serem seguidos é constar “Luis” de B4 a B1000 e “GII” de D4 a D1000.

Importante: As chaves não devem ser colocadas manualmente. Depois de escrever a função deve ser pressionado Ctrl+Shift+Enter para que se tenha uma fórmula no formato de matriz.

Roteador em uma gaveta!

Publicado: outubro 1, 2008 em Informatica
Tags:, ,

Exemplo de CASEMOD: Roteador de internet rodando Linux (BrazilFW), montado dentro de uma gaveta de mesa.

O objetivo deste computador é rotear a conexão com a internet (2 Mb/s – cabo de rede bege) para a rede interna (10 micros – switch e acess point conectados ao cabo de rede azul), diminuindo a carga de processamento do modem-roteador (um Siemens já sobrecarregado). Este último passa a agir apenas como brigde, não executando qualquer função de roteamento ou firewall. A segurança, alias, é a grande vantagem dum sistema desses. Utilizando o linux pode-se fechar todas as portas que não sejam utilizadas, fazendo com que não haja resposta para tentativas de scan. O firewall, configurado por iptables, garante uma camada extra de segurança.

Roteador rodando Linux

Roteador rodando Linux

O hardware é composto de um processador Pentium 166 MHz, underclockado para 133 MHz, placa-mãe, 16 MB de memória EDO, duas placas de rede, disco rígido e fonte. Isso sim é reciclar. =P~